O Luis também enviou o seu texto!

Olá! Você sabia que pode nos enviar seu texto para ser publicada aqui no blog da Sereno Fotografia, né? <3 Já faz algumas semanas que abri este canal aqui no site para que este espaço seja mais do que um blog e um site de ensaios sensuais masculinos. A intenção é transformar a Sereno Fotografia em um espaço de liberdade para sermos quem realmente somos, e para que todos possam compartilhar também a sua história. 

A Tininha, uma das minhas clientes, também fez isso e o texto dela foi publicado na semana passada aqui neste link. E o Luis Andrade fez a mesma coisa! Confira logo abaixo o texto que ele nos enviou. 😉

Obrigado Luis!


Texto:

“Naquelas palestras motivacionais de RH, sempre se vê algo chamado “ciclo da atitude”. Ele consiste em quatro fases: a ameaça, o desconforto, a ação, e o conforto.

Comecemos com a ameaça. Magrelo. Pau de virar tripa. Chassi de grilo. Precisa engordar. Não come. Quando bate, o vento leva. A pessoa que for magra e nunca ouviu isso na vida ainda está pra nascer. E que chatice ficar ouvindo esse tipo de comentário. Depois de um tempo, você já ouviu tanto que está cansado, mas mesmo assim a coisa continua e incomoda.

E daí vem o desconforto, uma certa rejeição a essa condição. O querer deixar de ser aquilo que se é. Porque, se todo mundo aponta e faz troça, é porque algo de ruim existe nisso, certo? Passei a me esconder mais; não usava mais bermuda, a camiseta de manga longa passou a ser parte do meu vestuário, regata então? Nunquinha.

Então começa a ação. Você tenta engordar. Mas, quando não adianta se entupir de doce, refrigerante, McDonald’s, lasanha e o que quer que seja, você acaba desistindo. Ter aversão à musculação também não ajuda.

E como cheguei ao conforto? No meu caso, duas coisas aconteceram. A primeira foi que, tendo desde cedo sido um cara meio sozinho com um computador à frente, passei a ter contato com pessoas mais abertas e que me admiravam do jeito que eu sou, e que encontraram algo de especial no meu corpo. Com isso, veio o segundo acontecimento: passei a me aceitar. Quem gostou, gostou; quem não gostou, que vire a cara. Pouco a pouco, voltei a usar shorts, regatas.

Agora, o pináculo da ousadia: passei a usar sunga branca. Na praia. É, escândalo! A expressão máxima dessa nova atitude. Obtive olhares de reprovação? Aconteceu. Obtive olhares de interesse? Aconteceu também. A diferença: pra mim, agora tanto faz. Eu me sinto bem com o meu corpo, eu gosto dele e não mudaria nada mais.

Quanto às brincadeiras… bem, delas ainda não consegui me livrar. Fazer o que, né?…”

— 8< — 8< —

Luis Andrade

E aí? O que achou?

Deixe seu comentário nos contando o que achou! Não se esqueça de compartilhar este blog nas suas redes sociais para que cada vez mais pessoas possam se amar e se aceitar mais! Venha curtir a minha página no Facebook! Não se esqueça também do Instagram! Ah! Você também pode nos enviar o seu texto. Sabia disso? Visite o link para saber mais!
Envie o seu texto para ser publicado no blog da Sereno Fotografia e inspire centenas de pessoas a amarem seus corpos e a se aceitarem mais!

Envie o seu texto para ser publicado no blog da Sereno Fotografia e inspire centenas de pessoas a amarem seus corpos e a se aceitarem mais!

Envie o seu texto para ser publicado no blog da Sereno Fotografia e inspire centenas de pessoas a amarem seus corpos e a se aceitarem mais!

Envie o seu texto para ser publicado no blog da Sereno Fotografia e inspire centenas de pessoas a amarem seus corpos e a se aceitarem mais!

Deixe o seu comentário!