Saia da inércia

Saia da inércia. Esta dica pode ser aplicada em diversos níveis, desde sair para dar uma volta no quarteirão para esvaziar um pouco a cabeça à sair completamente da sua rotina e causar uma grande mudança na sua vida. Mas uma coisa eu acredito ser fato: As vezes faz muito bem rompermos uma rotina maçante e começarmos algo novo. Quando me toquei disso, passei a praticar o que se tornou um mantra desta época da minha vida: Saia da inércia. Essa é uma das dicas que eu levei ao extremo e já vou explicar o porquê:
Saia da inércia e inicie algo novo em sua vida. Mude o rumo das coisas. Comece a correr atras dos seus sonhos.

Saia da inércia e inicie algo novo em sua vida. Mude o rumo das coisas. Comece a correr atras dos seus sonhos.

Rompendo correntes que me prendiam

Estive em um longo relacionamento, de aproximadamente 5 anos, onde eu não tinha absolutamente nada. Não havia amor, paixão, sexo, carinho, diálogo, nada… Eu estava preso à necessidade de estar com alguém, e morria de medo de me ver sozinho. Eu não queria me ver sozinho, mas acreditava que “era aquilo que eu tinha e eu deveria agradecer por estar com alguém”. E esta pessoa com quem eu namorava fazia eu me sentir mal comigo mesmo. Uma pessoa que sempre criticou meu cabelo grande ou os pêlos do meu corpo. Queria me ver de rosto liso e depiladinho. Uma pessoa que nunca soube dizer “olha… tá tudo bem ser do jeito que você é, fique em paz” ou “olha… tudo bem você ser assim”.
Eu também estava estagnado em um emprego que apesar de me dar um salário um pouco acima da média para o cargo que eu ocupava, me proporcionava uma rotina extremamente sugadora de felicidade. Eu posso dizer que odiava aquele lugar com toda a minha força. Eu não tinha espaço para crescer e nem tempo para me dedicar ao que eu realmente gostava de fazer que era fotografar e trabalhar com ensaio sensual.
Eu era completamente inseguro e perdido. Sabia que queria fazer muita coisa, queria mudar muita coisa em mim, mas eu não tinha espaço e tempo nenhum para isso. Sentia que aquele emprego e aquele namoro na verdade estavam me prendendo e me impedindo de buscar ser quem eu realmente queria ser. Eu estava em completa inércia.

Um belo dia enlouqueci

Um belo dia comecei a jogar tudo pro alto. Terminei aquele sufocante namoro e meses depois consegui ser saído da empresa, garantindo meus 3 anos de direitos rescisórios, que serviram para quitar todas as minhas dívidas da época.
Dívidas pagas e com tempo totalmente livre, agora eu tinha todo o tempo e espaço que eu precisava para me dedicar à mim mesmo, me conhecer melhor, estudar para evoluir e tocar o meu negócio adiante.
Me afastei de muita gente também. Conhecia muitas pessoas, mas poucas conseguiam fazer eu me sentir bem e fazendo parte de algo. Essas foram as que eu mais mantive por perto ao passo em que também me permiti conhecer pessoas novas. As pessoas que estão ao nosso redor fazem total diferença na nossa segurança, conforto sentimental e autoestima. Como ser feliz em uma sala com 40 pessoas falando em voz alta sobre as tragédias da TV, os personagens que saíram de X reality show ou as novidades do funk? (Nada contra, só não gosto uehuehueheue)
Como querer se livrar das amarras escravizantes dos padrões de beleza se estamos no meio de pessoas que incentivam cada vez mais os discursos padronizados? Como querer se sentir bem em meio à pessoas com opiniões com as quais você não concorda?
Discordar de opinião é uma coisa, ter que conviver com pessoas falando abobrinha na sua orelha é outra.
Saia da inércia e inicie algo novo em sua vida. Mude o rumo das coisas. Comece a correr atras dos seus sonhos.

Novas pessoas. Novos mundos.

Novos círculos de amizades foram nascendo, com pessoas que olhavam pra mim com naturalidade e demonstravam gostar de mim pelo que eu era. Isso é um exemplo de algo que eu acredito nunca ter tido entre as pessoas com quem eu tentava socializar antes, no ambiente empresarial por exemplo. Um novo Guilherme foi nascendo, com mais liberdade para ser ele mesmo e se encontrar melhor no mundo.
Eu quis fazer uma mudança drástica em minha vida, mas esta dica pode ser seguida de várias formas e em diversos níveis diferentes… Saia da inércia! O simples ato de romper uma rotina engessada e fazer algo diferente já causa uma grande mudança. Por exemplo, se você tem a rotina rígida casa-trabalho-faculdade, experimente desviar o caminho algum dia. Ou sente por 10 minutos naquela praça por onde você sempre passa mas sempre ignora. Aquele boteco a caminho de casa ou próximo da estação, tome uma cerveja ali. Permita-se sair da sua rotina e respire um ar fresco. Dê uma volta no quarteirão, sem fones de ouvido.
Permita-se alguns momentos de silêncio. Aos poucos uma vozinha começa a nascer dentro de você. Vou falar um pouco mais sobre essa vozinha na dica mais pra frente. Por hora, tire um tempinho pra você pensar em você e na sua vida. Descubra um novo hobbie, comece a fazer algo novo, mesmo que seja apenas nos finais de semana. O importante é se mexer e sair da inércia!

E aí? O que achou?

Deixe seu comentário nos contando o que achou deste ensaio fotográfico. Não se esqueça de compartilhar este blog nas suas redes sociais para que cada vez mais pessoas possam se amar e se aceitar mais! Venha curtir a minha página no Facebook! Não se esqueça também do Instagram! Ah! Você também pode nos enviar a sua história. Sabia disso? Visite o link para saber mais!
E não se esqueça! Saia da inércia!
Deixe o seu comentário!